Notícias

02-07-2017

thyssenkrupp promove ação de sensibilização para toda a família

Através do Jogo Sobe e Desce, a thyssenkrupp pretende ensinar e promover as regras de segurança para o uso correto das escadas mecânicas

Sabia que deve ter cuidado se usar chinelos de dedo ou solas de borracha numa escada mecânica? E que, se houver um acidente, as escadas não param automaticamente? Consciente que os acidentes acontecem quando menos se espera, a thyssenkrupp Elevadores, em parceria com a Câmara Municipal de Albufeira, vai realizar uma ação de sensibilização durante o fim-de-semana de 8 e 9 de julho, junto às escadas mecânicas mais utilizadas pelas famílias durante o verão, para, de forma divertida, ensinar e promover as regras de segurança para o uso correto dos equipamentos de elevação (escadas mecânicas, elevadores, tapetes rolantes).

Apesar de não existirem dados oficiais, os acidentes provocados pelo uso indevido destes equipamentos, como sentar nos degraus, colocar os pés nos rodapés, usar roupa larga, ter os atacadores soltos, debruçar no corrimão ou transportar carrinhos são uma realidade e o não cumprimento das regras básicas de segurança pode ter consequências graves e permanentes.

Principais regras para a correta utilização de escadas e tapetes rolantes:

  • Não encostar ou deslizar no corrimão e não permitir que as crianças se perdurarem ou debrucem no corrimão;
  • Não colocar os pés nos rodapés;
  • Não transportar carrinhos ou similares (risco de virar);
  • Não sentar nos degraus das escadas rolantes nem no chão dos tapetes;
  • Manter a roupa, mãos, pés afastados das partes móveis. Cuidado com os atacadores ou roupa larga porque podem ser apanhados pela máquina;
  • As escovas não são brinquedo e não servem para limpar os sapatos;
  • Cuidado com o calçado de borracha como chinelos ou tipo “crocs”;
  • Manter-se dentro das linhas amarelas e no centro do degrau;
  • Ter cuidado na entrada e saída;
  • Usar o corrimão como apoio e segurar a mão de um adulto;
  • Não descer ou subir escadas no sentido inverso.

 


Referências

Consulte as nossas referências
Ler mais